Reviravolta acontece e Atlético-MG decide fechar portas da Arena MRV

No próximo domingo (27), o Atlético-MG retorna aos gramados pelo Campeonato Brasileiro, e mesmo em momento conturbado, terá a Massa Atleticana em peso para receber o Santos. O confronto diante da equipe paulista marcará o primeiro jogo da nova casa do Galo, a Arena MRV, um local pensado para revolucionar a experiência de cada atleticano, garantindo um novo reforço para o futuro do time.

No entanto, com a inauguração da Arena MRV, o torcedor terá que se despedir do Centro de Experiências do novo estádio do Galo, garantindo sua última semana de atividades, fechando as portas em 31 de agosto. Aos torcedores que ainda não visitaram o local, o clube proporcionará mais cinco dias de visitação. O local vem recebendo visitantes há três anos.

O objetivo era proporcionar uma visão privilegiada da construção do novo estádio, explicar detalhes sobre a Arena MRV, além de contar a história do Atlético até o atual patamar. O espaço físico ainda deve seguir entre os projetos da equipe mineira, possivelmente como um bar/restaurante, com espaço para a loja do Galo. No entanto, de acordo com o ‘ge’, o prédio ainda deve receber alterações.

Torcida do Atlético-MG esgota ingressos para inauguração

Nesta quinta-feira (24), o Atlético-MG iniciou a venda dos ingressos para a partida de inauguração contra o Santos, mas para a surpresa dos torcedores, os bilhetes esgotaram em cerca de 40 minutos. A capacidade total do estádio será para 46 mil torcedores, no entanto, ainda vivendo os últimos detalhes das obras, o Galo conseguiu disponibilizar cerca de 30 mil ingressos.

A possibilidade ganhou ainda mais força com a decisão do prefeito de Belo Horizonte, Fuad Noman, que sancionou o projeto de lei que permite a realização de eventos na Arena MRV, antes do término das obras. Por isso, a capacidade segue entre ajustes. A partida será o terceiro evento com a presença da Massa Atleticana, após o “Nascimento do Campo” e o “Lendas do Galo”.

Comentários estão fechados.

n