Rodrigo Caetano surpreende e revela que Galo assinou com atacante do Botafogo na surdina

Hoje no Botafogo, o atacante Diego Costa vestiu a camisa do Galo em 19 oportunidades, marcando cinco gols e conquistado o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil em 2021. O diretor de futebol Rodrigo Caetano, em entrevista ao portal Fala Galo, contou os bastidores da contratação do jogador.

O jogador estava livre e no começo das conversas eu não acreditei muito. Fechamos o negócio com ele (Diego Costa), estávamos na Argentina. Ele foi extremamente participativo e também veio olhando o nosso elenco. Quem era os parceiros. Já conhecia o Keno, Nacho Fernández, o próprio Hulk que ele tinha amizade. Então funciona assim, os atletas olham onde vão atuar“, disse Rodrigo Caetano.

Passagem pelo Galo

Como já dito, Diego Costa participou de 19 jogos pelo Galo, sendo que em sete deles começou como reserva e em 12 foi escalado como titular, sendo ao todo, 1.023 minutos em campo. Se considerarmos esses minutos como equivalentes a partidas completas de 90 minutos, isso resultaria em um total de aproximadamente 11,3 duelos completos.

Na realidade, o jogador não conseguiu permanecer em campo durante uma partida completa. Em vez disso, ele frequentemente entrou no jogo no intervalo ou no segundo tempo, ou então foi substituído por outro atacante.

O período mais longo que ele passou em ação ocorreu durante a partida contra o Grêmio, que foi remarcada para a 19ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2021. Nessa ocasião, Diego ficou em campo por 94 minutos dos 99 disponíveis, sendo retirado por Cuca apenas nos minutos finais da segunda etapa.

Após sair do Atlético, o centroavante se transferiu para o Wolverhampton, da Inglaterra. Por lá, ele marcou apenas um gol em 25 jogos.

Comentários estão fechados.

n