Salários de R$ 2,7 milhões: Galo vai se livrar de bomba do elenco

Com a chegada de Gabriel Milito no comando técnico alvinegro, a diretoria do Galo disponibilizou um tipo de dossiê para organizar o planejamento do clube na temporada 2024. Contudo, o documento foi vazado e a imprensa teve acesso a quatro saídas do Atlético-MG nos próximos meses. Trata-se de Pedrinho, Patrick, Eduardo Vargas e Alan Kardec, que recebem juntos, cerca de R$ 2,7 milhões em salário.

Sem render dentro das quatro linhas, o quarteto será desintegrado do CT do Galo. Segundo informações do jornalista Wadson Fernandes, a falha salarial alvinegra será reduzida drasticamente, facilitando ainda a chegada de novos reforços com o valos economizado. Confira o levantamento da barca que está de saída do Atlético Mineiro:

  • Pedrinho: 46 jogos (19 titular) – nenhum gol – três assistências – Salário: R$ 485 mil
  • Vargas: 132 jogos (70 titular) – 24 gols – 12 assistências – Salário: R$ 800 mil
  • Alan Kardec: 30 jogos (três titular) – três gols – uma assistência – Salário: R$ 600 mil
  • Patrick: 48 jogos (15 titular) – um gol – duas assistências – Salário: R$ 800 mil

De modo geral, Pedrinho pertence ao Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, devendo retornar ao clube europeu no segundo semestre, já que o Galo não tem interesse de renovar o contrato. Por outro lado, a diretoria alvinegra deseja negociar Eduardo Vargas, Patrick e Alan Kardec para outros clubes.

Galo e o novo treinador

Enquanto as peças vão se encaixando em seus respectivos lugares, o presidente do Atlético-MG, Sérgio Coelho, explicou os trâmites que levaram Gabriel Milito a aceitar a oferta do Maior de Minas. Segundo o mandatário, o argentino ficou encantado pelo projeto exposto a longo prazo, incluindo a presença do Galo nas mais varidas competições na atual temporada.

– “Quando ele viu nossa apresentação, de estrutura, centro de treinamento Cidade do Galo, Arena, quem são os donos da SAF, quem são as pessoas que dirigem o Galo, que trabalham no futebol Galo. Como o Éder, uma referência, como o doutor Rodrigo Lasmar, e tantos outros com expressão nacional e até mundial. A gente vende a ele um projeto” – disse o presidente.

Comentários estão fechados.

n