Scarpa não se intimida e ironiza possível contratação do Atlético

O meia do Atlético, Gustavo Scarpa, fez uma ironia sobre a não marcação de um pênalti durante a partida contra o Botafogo no último domingo (7). Ele utilizou suas redes sociais para comentar sobre a jogada e sobre a empresa contratada por John Textor para monitorar lances do time carioca em tempo real.

O jogador escreveu em inglês nas redes sociais: “E agora, Good Game?”, junto com um vídeo mostrando o lance em que o atacante Cadu foi derrubado por Damián Suárez. O árbitro não assinalou pênalti, e o VAR também não interveio.

No segundo tempo da partida, quando o Galo perdia por 1 a 0 e estava com um jogador a menos, ocorreu o lance em questão. O time comandado por Gabriel Milito acabou sofrendo mais dois gols e saiu do Nilton Santos derrotado por 3 a 0.

A Good Game é uma empresa contratada por John Textor, gestor do Botafogo, para analisar lances nos quais o time pode ter sido prejudicado pela arbitragem. Recentemente, Sérgio Coelho, presidente do Atlético, anunciou que também planeja contratar essa mesma empresa para assessorar o clube.

Atlético tem razão na reclamação

No programa “Troca de Passes” do SporTV, o comentarista PC de Oliveira analisou o lance. Na sua opinião, houve pênalti a favor do Atlético, indicando um erro por parte da arbitragem.

“No detalhe fica muito claro. Quem toca na bola e chega primeiro é o Cadu. Ele domina, toca na bola, e o Damián Suárez dá uma entrada que é imprudente. Disputa a bola sem preocaução, sem atenção. Não tem intenção de cometer a falta, mas ele é imprudente na hora do pisão no pé do Cadu e por isso o pênalti deveria ter sido marcado. O Atlético reclamou com razão”, disse PC de Oliveira.

Comentários estão fechados.

n