Torcedores do Atlético cometeram vandalismo na região centro-sul de BH

Torcedores do Atlético manifestaram sua insatisfação ao picharem a sede do clube, localizada na região centro-sul de Belo Horizonte, no bairro de Lourdes. Os protestos aconteceram após a derrota do Galo por 3 a 0 para o Botafogo, no Estádio Nilton Santos, pelo Campeonato Brasileiro, no último domingo (7).

O prédio abriga todos os setores administrativos do Galo, além de ser o local onde as taças conquistadas estão expostas para visitação pelos torcedores. Na parede da sede, foi escrito “4 rato$”, em referência clara ao grupo conhecido como “4R’s”, responsável pela administração da SAF do Alvinegro.

Além da pichação, o Atlético tem enfrentado críticas intensas nas redes sociais, mas de maneira curiosa, o técnico Gabriel Milito tem conseguido manter uma imagem positiva com a Massa. Os torcedores acreditam que o desempenho da equipe está aquém do esperado e que os empresários responsáveis pela gestão do clube não têm dado a devida atenção às contratações necessárias.

Torcida do Atlético vem se mobilizando

A paciência da torcida do Atlético parece ter chegado ao limite, já que na manhã da última terça-feira (9), uma faixa foi colocada na Avenida Barão Homem de Melo, próxima à concessionária BYD Vitória Motors. A faixa, que não está assinada, expressa grande indignação com a atual gestão do clube e também com parte da imprensa mineira.

É fundamental destacar que ontem, houve uma manifestação pacífica na Sede de Lourdes, e um dos principais temas da manifestação será a crítica à omissão dos atuais proprietários do Galo. Além disso, foram discutidos problemas como a acústica da Arena MRV, a escassez de reforços e a falta de transparência da SAF.

Comentários estão fechados.

n