Torcida do Galo dá show e aparece duas vezes em maiores públicos da Libertadores

Apesar do começo ruim na Libertadores, quando o assunto é torcida, o Galo nunca decepciona. Dentre o ranking dos maiores públicos dos times brasileiros, o Alvinegro apareceu duas vezes no top-6, sendo que em uma delas, foi visitante. Veja:

  • 1°: 52.419 – Fluminense 1×0 The Strongest-BOL
  • 2°: 48.895 – Flamengo 2×0 Nublense-CHI
  • 3°: 40.670 – Corinthians 0x1 Argentinos Juniors-ARG
  • 4°: 40.177 – Galo 0x1 Libertad-PAR
  • 5°: 27.885 – Inter 1×0 Metropolitano-VEN
  • 6°: 27.401 – Athlético-PR 2×1 Galo

Na 3° rodada da competição, inclusive, o Atlético volta ao Mineirão, para enfrentar o Alianza Lima-PER, no dia 3 de maio. Uma vitória nessa partida é extremamente importante, visto que até o momento, possui duas derrotas e zero pontos conquistados.

O analista esportivo Fábio Piperno, que trabalha na emissora de televisão Jovem Pan, afirmou que o Atlético-MG tem poucas chances de se classificar para as oitavas de final da Copa Libertadores. Muito disso devido ao seu atual desempenho abaixo da média.

Apesar dessa crítica, o técnico Eduardo Coudet pensa diferente. O “hermano” mantém a confiança na equipe, apesar das duas derrotas consecutivas, acreditando que o time está seguindo o caminho certo para conquistar as vitórias. Chacho também destacou que a torcida alvinegra está se identificando com o desempenho do time nos últimos jogos.

Mais e mais problemas

Além dos jogadores que já estão lesionados (Igor Rabello, Guilherme Arana, Allan e Alan Kardec), Coudet perdeu mais uma peça importante. O meia Pedrinho teve uma ruptura completa do músculo e do tendão do bíceps femoral, e irá ficar afastado dos gramados por três meses.

Problema não só para o treinador, mas também para a diretoria. O contrato do jogador termina no meio do ano, e a definição por uma renovação do empréstimo junto ao Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, ganhou mais um capítulo.

Comentários estão fechados.

n