Torcida do Galo prepara emboscada para aterrorizar o elenco do Cruzeiro

No próximo dia 22, Galo e Cruzeiro irão fazer o primeiro clássico na Arena MRV, válido pela 28° rodada do Campeonato Brasileiro. Para esse confronto inclusive, de acordo a página “Central do Galo”, da rede social X, antigo Twitter, a Galoucura irá divulgar novas músicas antes do confronto.

Ontem inclusive, a Galoucura anunciou que recebeu uma punição de 15 dias do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e do Batalhão de Choque da Polícia Militar. Como resultado, os torcedores estão proibidos de utilizar qualquer tipo de adereço que faça referência à organizada dentro do estádio durante esse período.

No final de fevereiro, a torcida concordou em firmar um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), comprometendo-se a elaborar um Código de Ética para a torcida. Essa medida foi tomada poucos dias antes do término de uma punição de um ano imposta à organizada, devido a uma série de incidentes violentos, incluindo o trágico episódio em que um torcedor foi baleado no ano passado.

Através de uma postagem no Instagram, a Galoucura anunciou a sanção e solicitou aos seus membros que não levem para o estádio nenhum adereço com a identificação da organizada. Contudo, o grupo não esclareceu as razões por trás da punição.

Veja a nota da organizada do Galo

“Comunicamos a todos que no dia de ontem fomos punidos pelo Ministério Público e pelo Batalhão de Choque pelo período de 15 dias, sem poder adentrar ao estádio com quaisquer vestimentas da Torcida (camisa, boné, bermuda, meia) e sem poder levar nossas faixas, bandeiras e instrumentos musicais.

Vínhamos numa caminhada muito bem feita contra a violência, mostrando a todos que Torcida Organizada não é isso. Nosso acordo com as respectivas entidades era para punição aos CPFs identificados e não ao CNPJ. Entretanto, optaram por punir a nossa torcida dessa vez e nos resta acatar. Alertamos a todos que não compareçam ao jogo de domingo com quaisquer materiais da torcida pois não entrará no estádio.”

Comentários estão fechados.

n