URGENTE: Pedrinho BH derruba Atlético-MG com chapéu de R$ 36 Milhões

No final do mês passado, o Cruzeiro oficializou a contratação do volante Matheus Henrique, com vínculo por cinco temporadas, até junho de 2029. O clube desembolsará aproximadamente 6 milhões de euros (cerca de R$ 36 milhões) para adquirir a maior parte dos direitos econômicos do atleta que o Atlético-MG também tinha interesse.

“Momento único na minha carreira. Comecei no Brasil, fui para a Itália, e estou retornando para este grande clube. Sentimento só de gratidão por tudo que foi feiro, pelo esforço para poder estar aqui. Vocês podem ter certeza que eu vou fazer o meu melhor dentro e fora de campo, lutando, me entregando, dedicando e, mais do que isso, respeitando essa camiseta aqui que é gigante”, disse Matheus Henrique.

O meio-campista que iniciou sua carreira no São Caetano em 2015, mas foi no Grêmio que realmente se destacou no futebol. Em 2018, ele conquistou seu espaço na equipe principal e ganhou reconhecimento no cenário nacional.

Matheus Henrique participou de 139 jogos pelo Tricolor antes de ser emprestado ao Sassuolo em 2021, com opção de compra. Suas boas performances convenceram o clube italiano a adquirir seus direitos econômicos em definitivo no ano seguinte, e desde então, ele acumulou 89 partidas em três temporadas pela equipe italiana.

E o Atlético-MG?

Apesar de ter perdido a disputa pelo volante citado, o Atlético-MG trabalha para fechar com Fausto Vera, do Corinthians. No entanto, as negociações, que se prolongam nas últimas semanas, encontraram obstáculos nos últimos dias e são descritas como “complexas” nos bastidores.

Apesar disso, o Galo vê com otimismo a vinda do argentino. Inclusive, os valores já são conhecidos: US$ 4,2 milhões (R$ 23 milhões na cotação atual).

Comentários estão fechados.

n