VAR polêmico de Atlético x Flamengo tem conversas divulgadas pela CBF

Ontem, a CBF divulgou o áudio da conversa entre o árbitro Ramon Abatti Abel e a cabine do VAR em um lance polêmico durante o confronto entre Atlético e Flamengo. Apesar da vitória por 4 a 2 no clássico interestadual, os rubro-negros protestaram contra a não marcação de um pênalti sofrido por Erick Pulgar nos minutos finais da partida.

Dentro de sua própria área, o chileno tentou girar ao pisar na bola e foi derrubado após um contato com Otávio, que se desequilibrou e acabou arrastando o pé do adversário. Rodrigo D’Alonso, responsável pelo VAR, revisou as imagens, mas decidiu não recomendar a revisão para a marcação do pênalti, seguindo a decisão de campo.

Flamengo na bronca

Apesar da vitória, o técnico do Flamengo, Tite, mostrou descontentamento com a arbitragem conduzida por Ramon Abatti Abel. Ele criticou a não marcação do já citado pênalti em Erick Pulgar.

“Eu não quero nada profissionalmente, não quero ganhar com vantagem, mas não quero que tire meu queijo. O lance no Erick (Pulgar). Rodrigo Alonso, que é o cara do VAR, que dá o pênalti que o Allan toca na bola e na sequência dá e não dá o pênalti que o cara toca direto no pé do Pulgar, eu não consigo entender, juro que não consigo. Qual é esse critério, porque um sim e o outro não. (…) Então, por favor, só usem o mesmo critério”, disse Tite.

Com esse triunfo, o Flamengo alcançou 30 pontos e continua se consolidando no topo da Série A. Enquanto isso, o Atlético permanece na 11ª posição, somando 18 pontos, quatro abaixo do G6 e sete acima da zona de rebaixamento.

Comentários estão fechados.

n