Vergonhoso! Após 16 anos sendo humilhado no Cruzeiro, craque encaminha título por rival

O goleiro Fábio, que anteriormente atuou pelo Cruzeiro, retornou à final da Copa Libertadores após um intervalo de 14 anos. Na semana passada, o Fluminense conseguiu uma vitória de virada por 2 a 1 sobre o Internacional, no Beira-Rio, avançando assim para a decisão no Maracanã.

O arqueiro que cometeu um erro no momento do gol do Internacional, que ocorreu aos nove minutos do primeiro tempo. Ele avançou em direção à bola durante um escanteio, mas acabou colidindo com Nino no processo, e isso permitiu que o zagueiro Gabriel Mercado cabeceasse a bola para o gol vazio, dando assim a vantagem ao Colorado.

São situações de jogo. Fiz o que tinha que ser feito. É muito gente dentro da área. Infelizmente foi um jogador da nossa equipe que me tirou toda a possibilidade de fazer a defesa, mas tinha que ser dessa forma. Eu tinha confiança de que não iria terminar desse jeito. Eu nunca deixei de acreditar e Deus sempre surpreende. Conseguimos reverter um jogo que era difícil contra um grande adversário“, disse Fábio.

Depois do momento de tensão, Fábio testemunhou seus companheiros John Kennedy e Germán Cano marcando gols em uma incrível virada no Beira-Rio. Além disso, o goleiro ainda fez uma defesa impressionante aos 47 minutos do segundo tempo em um cabeceio de Luiz Adriano, assegurando a vitória por 2 a 1.

A final pelo Cruzeiro

Fábio participou da final da Copa Libertadores de 2009 com o Cruzeiro, que liderou a fase de grupos contra Estudiantes, Deportivo Quito e Universitario de Sucre, e depois venceu Universidad de Chile, São Paulo e Grêmio nos mata-matas. Na final, a Raposa enfrentou novamente o Estudiantes, mas acabou perdendo o título, após empatar em 0 a 0 na Argentina, e perder por 2 a 1 no Mineirão.

Comentários estão fechados.

n