Victor vai aos microfones e fala tudo que pensa sobre o elenco do Atlético-MG

O diretor de futebol do Atlético-MG, Victor Bagy, defendeu o elenco após a equipe sofrer outra derrota em casa e completar mais de dois meses sem vitórias na Arena MRV. Em uma coletiva de imprensa após o revés contra o Flamengo, ele discutiu o atual momento do clube no Campeonato Brasileiro e fez uma avaliação sobre o trabalho cotidiano.

“Não é momento para fazer caças às bruxas, apontar culpados. É momento de trabalhar e buscar e evoluir. É saber que teremos retornos importantes, que devem nos fortalecer. Posso garantir que não falta trabalho, treino, dedicação, comprometimento. Vivemos um momento de instabilidade. Sabíamos que o mês de junho — período de Copa América — seria difícil. Mas não contávamos que seria tão complicado por conta de tantas perdas nesse período”, disse Victor.

Atlético-MG vive momento conturbado

Como citado, o Atlético-MG sofreu uma derrota para o Flamengo no primeiro clássico entre as equipes realizado na Arena MRV. O time comandado por Tite venceu por 4 a 2, com gols de Bruno Henrique (2), Carlinhos e Ayrton Lucas, enquanto Hulk marcou duas vezes para a equipe de Gabriel Milito.

Com este resultado, o Galo chegou a cinco jogos consecutivos sem vencer em seus domínios, sendo que a última e única vitória como mandante ocorreu no clássico contra o Cruzeiro, em 20 de abril. Desde então, foram três empates e duas derrotas.

Mesmo com a difícil derrota para o Flamengo, o Atlético-MG não caiu na tabela do Campeonato Brasileiro. O time permanece na 11ª posição, com 18 pontos, e ainda tem um jogo a menos em relação aos seus adversários – duelo com o Grêmio foi adiado por causa das enchentes que atingiram o Rio Grande do Sul.

Comentários estão fechados.

n